Como surgiu o América Football Club do Rio de Janeiro.

O América Football Club é um dos clubes mais queridos e antigos do futebol nacional. Fundado por 7 amigos, ainda jovens, no longíquo ano de 1904, o clube surgiu como o resultado de uma reunião na casa de um deles. Entretanto, demorou alguns anos para ir amadurecendo a forma que tomou “corpo” e fez história ao longo dos anos. Quero dizer com isso que o América que conhecemos hoje, quando surgiu era preto e branco, tendo jogado dessa forma por alguns anos. Apenas em 1908, o clube que levou o nome em homenagem ao continente americano recém criado, passou a utilizar as cores vermelha e branca no uniforme.

As fusões e os novos passos

O América veio crescendo e amadurecendo ao longo dos anos, após chegar as cores que conhecemos até os dias atuais, o clube foi finalmente fincar suas raízes na Tijuca, bairro que é reconhecido por abrigar o carinhoso time. Portanto, ao contrário do que muita gente pensa, o clube não nasceu na Tijuca, mas se estabeleceu ali em 1911 quando o Haddock Lobo Football Club, um dos primeiros times que disputava o campeonato carioca naquela época, enfrentava dificuldades financeiras e se fundiu ao América Football Club.

Conheça a história do tima carioca mais querido da população.

Assim, o Mecão passou a ter sob seu controle o plantel do clube e as boa infraestrutura do Haddock Lobo, passando até mesmo à administração do clube vermelho, o estádio localizado na Rua Campos Sales. Foi nesse seu primerio estádio, que após reformas recebia até mesmo 25 mil torcedores por jogo, que o Mecão conquistou todos os seus 7 títulos estaduais. Dentro disso, o time era um dos gigantes cariocas, temido por muitos e clube que sempre entrava nos campeonatos para ser um dos favoritos aos títulos.

Hoje em dia o time americano está em seu terceiro estádio, construído no ano 2000, o local leva o nome de um dos mais importantes Ex-Presidentes do clube, Giullite Coutinho, sendo a casa de uma das torcidas mais apaixonadas do Estado.

Volta às glórias

Devido a importância e história do América Football Club, o time é sempre tratado com muito carinho e apego por todos que fazem e gostam do futebol carioca. Há algumas décadas o clube americano anda em uma montanha-russa de performances, conseguindo alguns resultados importantes e amargando algumas vezes derrotas doídas, tendo inclusive caído para a segunda divisão do campeonato estadual e jogando por lá alguns anos. Entretanto, muitos ilustres torcedores tentam e planejam a volta do Mecão às glórias.

Como surgiu o América Football Club do Rio de Janeiro.

O “baixinho” Romário, um dos maiores atacantes de todos os tempos, por exemplo, é declarado torcedor vermelho, inspirado por seu pai que era um dos torcedores mais simbólicos do time. Romário inclusive é um dos entusiastas da volta por cima americana, tendo encabeçado inclusive atuações diretamente na diretoria do Mecão. Apesar de não ter conseguido alguns resultados necessários, mantém-se firme e fiel ao clube e sempre está o apoiando em sua empreitada.

Desde aqueles idosos que viram ou até mesmo cresceram com as histórias do Mecão, até os jovens, o carinho pelo time é unânime e a torcida por novos tempos de vitórias vermelha é uma bandeira erguida por qualquer cidadão carioca e brasileiro que gosta das memórias futebolísticas.